0

Resenha: “O conto da aia”, de Margaret Atwood, publicado pela Rocco

Um livro que nos faz refletir se conquistamos alguns avanços que pensávamos ter alcançado
downloadInformações Gerais
Título original: The handmaid’s tale
Editora: Rocco
ISBN: 9788532520661
Páginas: 368
Ano (edição): 2017
Autor: Margaret Atwood
Nota Skoob: 4.4

Como a maioria dos leitores, cheguei em O Conto da Aia por conta da festejada adaptação para série de TV e posso dizer de antemão que não me arrependi. Escrita em 1985, a obra é muito mais atual do que se pode pensar. A pergunta, na verdade, que fica, é justamente sobre isso: a autora que estava a frente do seu tempo, ou nós, sociedade, é que voltamos no tempo? Extremamente importante para questões que nos vemos debatendo, O Conto da Aia não passa ileso à imperfeições, mas elas são pequenas perto do acerto da obra. Continuar lendo

Anúncios
0

Resenha: “As luzes de setembro”, de Carlos Ruiz Zafón, publicado pela Suma de Letras

Mais fraco dos três, a Trilogia da Névoa ainda é uma boa pedida para entrar no mundo complexo e genial de Zafón
luzesInformações Gerais
Título original: Las luces de septiembre
Editora: Suma de letras
ISBN: 9788581051925
Páginas: 232
Ano (edição): 2013
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Nota Skoob: 4.2

Último livro da Trilogia da Névoa – a primeira obra escrita por Carlos Ruiz ZafónAs Luzes de Setembro é um livro que surgiu da necessidade de o autor em completar a história do livro O príncipe da névoa, cobrindo buracos ou incoerência outrora presentes nas obras. As características de Zafón, tão famosas especialmente na série O cemitério dos livros esquecidos, se mostram cada vez mais presentes. Mas a pergunta que fica para o leitor, e que eu mesmo me fiz, é: o terceiro livro necessitava mesmo ser uma “correção” do primeiro livro da trilogia ou não era necessário? Continuar lendo

0

Resenha: “Piano vermelho”, de Josh Malerman, publicado pela Intrínseca

Piano Vermelho é um livro de ideia interessante mas mal executada
pianoInformações Gerais
Título original: Balck Mad Wheel
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788551002063
Páginas: 320
Ano (edição): 2017
Autor: Josh Malerman
Nota Skoob: 3.3

Depois da ótima estreia de Josh Malerman em Caixa de Pássaros, que causou opiniões diversas entre os leitores, mas houve uma unanimidade ao se confirmar que para um livro de estreante se tratou de uma grande obra, Piano Vermelho veio repleto de expectativas. Com uma sinopse bastante complicada, mas que dava indícios de manter o mesmo ar de suspense e pitadas de terror do primeiro livro, será que Piano Vermelho de fato conseguiu obter êxito? Para muitos leitores, não. Continuar lendo

0

Resenha: “Matéria Escura”, de Blake Crouch, publicado pela Intrínseca

“De exatas” mas com discussões bastante humanas e psicológicas, Matéria Escura é um livro que surpreende
materiaInformações Gerais
Título original: Dark Matter
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788551001226
Páginas: 352
Ano (edição): 2017
Autor: Blake Crouch
Nota Skoob: 4,3

Nem toda ficção científica é exatamente chata ou de difícil compreensão. E foi isso que mostrou Blake Crouch, através o livro Matéria Escura, publicação da Intrínseca neste ano de 2017. O livro sci-fi traz vários ingredientes conhecidos do gênero, mas foca especialmente numa trama muito bem construída e com o objetivo de trazer uma discussão cada vez mais comum nos dias de hoje: a felicidade. Você é feliz pessoal e profissionalmente? E se você tivesse a chance de alterar o tempo para mudar isso? Continuar lendo

0

Resenha: “A rebelde do deserto”, de Alwyn Hamilton, publicado pela Seguinte

A rebelde do deserto se torna relevante pela discussão importante que traz e pela mitologia criada pela autora
81IJZ3Se3FLInformações Gerais
Título original: Rebel of the sands
Editora: Seguinte
ISBN: 9788565765992
Páginas: 283
Ano (edição): 2016
Autor: Alwyn Hamilton
Nota Skoob: 4,4

A rebelde do deserto é um livro feito para discutir o papel da mulher na sociedade, ou simplesmente, o feminismo, de uma forma mais direta mas menos didática. A história traz, numa ficção para jovens, um debate importante sobre o empoderamento feminino, assunto tão falado hoje em dia. Sob esta perspectiva, o livro é ótimo e de grande importância para os novos leitores. Se analisado a partir do prisma puramente literário, ainda que boa, é uma obra que fica devendo em alguns quesitos. Continuar lendo