Amazon nega compra da Saraiva

Nesta última terça-feira (27), as ações SLED4 da Livraria Saraiva tiveram valorização de 21,62% no pregão da Bovespa. O movimento de alta se intensificou depois das 16h, mais especificamente a partir das 16h31, horário em que o site O Antagonista postou uma breve nota com a bombástica manchete “Amazon quer comprar a rede brasileira Saraiva”.

78717.187671-amazon

O texto de três parágrafos informava que “o negócio é avaliado em cerca de 200 milhões de dólares” e que, “com a transação consolidada, os clientes da Amazon poderão retirar produtos comprados pelo site nas unidades da Saraiva”. Não há menção de fontes nem maiores detalhes na matéria on-line.

Nem a Saraiva nem a Amazon confirmam o rumor publicado pelo polêmico site de notícias. A empresa brasileira se pronunciou por meio de sua assessoria de imprensa que, por e-mail, enviou a seguinte declaração ao PublishNews: “A Saraiva não comenta boatos, especulações ou rumores de mercado”. Já a Amazon, que quase sempre responde a questionamentos sobre negociações de forma evasiva, escolheu ser absolutamente categórica desta vez. “Este rumor é infundado”, declarou ao PublishNews a assessoria de imprensa da gigante de Seattle por telefone e por e-mail.

A Saraiva S.A. Editores e Livreiros fechou o ano de 2016 com receita bruta de R$ 1,891 bilhões, ebitda de apenas de R$ 31,6 milhões e uma dívida bruta de R$ 321,6 milhões, como mostra o relatório de demonstrações financeiras da empresa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s