Livros de Paulo Coelho e Dan Brown são confiscados e queimados na Líbia

Obras do escritor Paulo Coelho e do autor americano Dan Brown estão entre as apreendidos em operações lideradas pelo Exército Nacional Líbio contra livros ‘eróticos’ ou contra o Islã na cidade de Al Marj, no leste da Líbia. Escritores e intelectuais líbios publicaram um comunicado em protesto à ação do grupo, que responde ao marechal Jalifa Haftar, comandante de grande parte do leste líbio.livros-de-paulo-coelho-e-dan-brown-sao-apreendidos-pelo-exercito-da-libia

Eles denunciaram a situação, e declararam que “seja qual for o pretexto”, é uma tentativa de “amordaçar as vozes e confiscar a liberdade de opinião e pensamento”. De acordo com autoridades de segurança da cidade, a “invasão cultural” através dos livros sobre cristianismo e bruxaria, além de romances com passagens “eróticas”, são contrárias aos preceitos do islamismo sunita, considerado uma vertente mais moderada.

O escritor brasileiro mostrou indignação nas redes sociais e prometeu acionar autoridades brasileiras, mas aproveitou para esclarecer que a ação dos fanáticos não justifica islamofobia.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s