Veja a lista dos 20 livros mais vendidos do ano segundo a PublishNews

Uma das frases mais repetidas por quem acompanha o mercado editorial brasileiro em 2016 foi: “não houve, nesse ano, nenhum livro que se comparasse ao fenômeno de vendas que foram os livros de colorir em 2015”. E os números da lista de mais vendidos comprovam isso. Em 2015, só Jardim secreto (Sextante) vendeu 719.626 exemplares. Seu irmão, Floresta encantada (Sextante), vendeu outros 485.222.

Mais vendidos 1

Números bem superiores aos primeiros colocados de 2016: Como eu era antes de você (Intrínseca), de Jojo Moyes, que vendeu 352.330, e Ruah (Principium / Globo), do padre Marcelo Rossi, com 228.232 unidades vendidas. Se somar as vendas desses dois primeiros lugares não chega nem perto do número vendido por Jardim secreto no ano anterior.

Harry Potter e a criança amaldiçoada (Rocco) – lançado já na reta final do ano, mas ainda assim um dos destaques de vendas – encerrou o ano na quinta posição, com 170.130 exemplares vendidos.

Os youtubers, que tanto deram o que falar em 2016, nem aparecem nas cinco primeiras posições da lista geral anual, mas fizeram a festa na lista infantojuvenil. Dos 20 títulos da lista, sete são deles.

A lista de não ficção encerrou o ano liderada por Muito mais que 5inco minutos (Paralela / Grupo Companhia das Letras), de Kéfera Buchman, que vendeu 104.548 exemplares. O segundo lugar é ocupado pelo clássico O diário de Anne Frank (Record), com 95.315, e a terceira posição é ocupado por Lava-Jato (Primeira Pessoa / Sextante), que vendeu 80.931 unidades.

Na lista anual de ficção, Grey (Intrínseca – 4º lugar, com 99.008 exemplares vendidos), o quarto livro da série 50 tons de cinza, divide espaço com Todos os contos de Clarice Lispector (Rocco – 11º / 27.814) e o Prêmio Pulitzer de 2015 Toda luz que não podemos ver (Intrínseca – 13º / 22.042), de Anthony Doerr.

O ranking geral anual das editoras é dominado pela Nobel, que emplacou 95 títulos. Na sequência, aparecem a Sextante, com 84; o Grupo Companhia das Letras, com 79; o Grupo Editorial Record, com 68, e a Intrínseca, com 43.

Veja a lista:

sem-titulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s