Resenha: “Faca de Água”, de Paolo Bacigalupi

Fala galera, tudo certo? Hoje trago a resenha de Faca de Água, de Paolo Bacigalupi. Lançado esse ano pela Intrínseca. Confira!

EstanteIntrinseca_Julho_BLOG_Pa¦üginasInternas2.png

Num futuro árido e tumultuado, em que a água ganhou o status de commodity mais valiosa, o direito de uso das fontes e dos rios é alvo de disputas ferrenhas. Uma guerra entre governos, órgãos públicos e empresários, na qual vale tudo. Enquanto advogados e burocratas armam-se com infinitos processos judiciais, mercenários e militares subjugam proprietários de terra, implodem estações de tratamento e interrompem o abastecimento de regiões inteiras.

Nesse cenário surge Angel, um faca de água, um dos muitos mercenários com a missão de cortar e desviar o fornecimento de água a mando de quem paga mais. Lucy é uma jornalista premiada que decidiu revelar para o mundo a realidade da Grande Seca. Maria é uma jovem cuja vida foi destruída pelos efeitos das mudanças climáticas. Quando o direito de usar a água significa dinheiro para alguns e sobrevivência para outros, o que esses três personagens não sabem é que seu encontro é um marco que poderá mudar tudo. Um novo fiel da balança que sempre pendeu para o mesmo lado.

Faca de Água foi um romance que a primeira vista, era um tanto incerto para eu. Caótico, futurista e economicamente ambientalista, a obra se mostra completa do começo ao fim, mas confusa do início à metade.

Com um enredo e ambientação muito bem estruturados, Paolo soube aproveitar ao máximo cada detalhe da obra para fazê-la transcorrer de forma sucinta e em sintonia com suas ideias.

Muito bem ambientado, temos uma gama de informações e acontecimentos correntes durante a leitura, misturados a questões culturais muito bem desenvolvidas para o pano de fundo referente a escassez da água.

Em um período que vai do início até cerca da metade da leitura, Faca de Água se mostra bastante embaralhado, para não dizer confuso. Paolo tem dificuldades em ordenar suas ideias e transcrevê-las para o livro, buscando escrever mais conteúdo do que consegue assimilar para entendimento do leitor.

Tal preocupação em fazer o leitor entender os pormenores da história, gera uma lentidão no enredo, assim como tira um pouco do dinamismo dos acontecimentos.

Outro erro do autor é criar uma gama de personagens e tentar apresentá-los de uma vez só, intercalando suas histórias de forma confusa e dando a impressão de incerteza nas ideias do próprio autor.

Mas tais erros permanecem no começo, e não se desenvolvem com o enredo. A partir do momento que os acontecimentos começam a tomar forma (o que demora um pouco), a história se torna bastante volátil e instigante. Paolo enfim consegue ordenar os personagens e impor características singulares aos mesmos. E então o leitor começa a conseguir caracterizar a obra e digeri-la melhor.

Faca de Água é um romance caótico e futurístico, nele conseguimos enxergar boas verdades e a partir disso somos imersos em uma história cheia de ação e conspiração, onde o que vale é o dinheiro movimentado pelo que sobrou de água em um Estados Unidos em colapso.

O autor nos apresenta diferentes perspectivas da história, através de personagens que vão tendo suas histórias intercaladas e depois convergidas em um único desenrolar.  Paolo sabe como transmitir a seca para fora das páginas, com detalhes e descrições certas, que nos apresentam um mundo novo, caótico, cercado por acontecimentos cheios de ação e muita ambição.

11652075_579332818874199_304993955_n

Informações Gerais:
Editora: Intrínseca
ISBN:  9788580579437
Páginas: 400
Ano: 2016
Autor: Paolo Bacigalupi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s