Depois de nova estratégia da Saraiva, editores discutirão ‘guerra de preço’

O Sindicato Nacional dos Editores de Livros vai decidir nesta semana como se manifestar publicamente sobre a competição agressiva por descontos no varejo.

saraiva-versus-amazon

“A guerra de preços deixa os livreiros enfraquecidos”, diz Marcos Pereira, sócio da Sextante e presidente do sindicato. O assunto voltou à tona com a promessa da Saraiva de não comercializar títulos vendidos pela concorrência com descontos maiores que os seus. A coluna Painel das Letras, da Folha de S. Paulo, apurou que a manifestação ainda não foi feita porque um grupo de editores mais irritado com a Saraiva não quer que o pronunciamento pareça uma defesa da rede de livrarias. A ameaça da rede desenha a possibilidade de um preço fixo estabelecido sem participação do Estado, como era no Reino Unido de 1889 a 1995. “Enquanto não temos a lei, é importante encontrar um pacto dentro do próprio mercado”, defende Pereira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s